Real JoBelo

Xiii, Felipão

In Brasileirão 2010, Palmeiras on 21 de julho de 2010 at 16:48

9ª rodada – Avaí 4×2 Palmeiras

Na estreia de Felipão, Palmeiras esbarra na boa fase do Avaí e perde na Ressacada

Luiz Felipe Scolari finalmente estreou no comando técnico do Palmeiras. Depois da ótima vitória sobre o Santos, com Murtosa no banco, a expectativa da torcida alviverde para o retorno oficial do ídolo não poderia ser melhor. No entanto, o Avaí fez valer a boa fase e, depois do São Paulo, derrotou mais um clube paulista.

Armado com Pierre, Marcos Assunção e Márcio Araújo na proteção da zaga, o Verdão apostou no avanço dos alas para atacar o time da casa. A estratégia deu certo no início, já que a equipe povoou o campo de ataque e abriu o placar com um dos laterais: Gabriel Silva, aproveitando rebote do goleiro após falta cobrada por Assunção.

Tudo parecia tranquilo para o Palmeiras, até que Caio deixou tudo igual aos 23 minutos, em jogada individual. Logo depois, Kleber teve ótima chance de recolocar os paulistas em vantagem, mas Patrick salvou em cima da linha. Quem não faz… Logo na sequência, Robinho virou o jogo.

O momento pareceu melhor novamente para o Palmeiras quando Leonardo Gaciba expulsou Pará, após falta dura em Márcio Araújo, ainda na primeira etapa. Com um a mais, os visitantes foram para o ataque e chegaram ao empate em cobrança de pênalti de Kléber. Quem diria? Um dos times que mais erra pênalti no futebol mundial acertou o pé. Sinal que que a fase após a chegada de Felipão mudou mesmo…Certo? Errado.

No melhor momento palmeirense na partida, a torcida exagerou na festa pelo empate, acendeu muitos sinalizadores e o jogo teve de ser paralisado em razão da grande quantidade de fumaça.  Na volta, os comandados de Felipão não viram a cor da bola.

Depois de acertar o travessão de Deola, Roberto sofreu pênalti de Léo, que acabou expulso. Na cobrança, o arqueiro palmeirense defendeu o chute de Caio, mas ele próprio pegou o rebote e balançou as redes. No fim, Deola saiu da área e acabou driblado por Roberto, sempre ele, e viu o adversário marcar o quarto gol dos catarinenses, definindo o placar.

Os palmeirenses chegaram a culpar a paralisação da partida pelo revés. A equipe realmente voltou muito mal e foi dominada pelos donos da casa mesmo em vantagem numérica.

Fato é que Felipão parece ter trabalho…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: